Textos


DESCREVER O AMOR ...


qUERO TANTO DIZER-TE SOBRE O AMOR...
pROCURO EM MIM AS PALAVRAS CERTAS,
MAS UM SILÊNCIO PROFUNDO SE MANIFESTA,
E SE ME CALA A BOCA,
O CORAÇÃO NOENTANTO SE AGITA,
E A ALMA EXULTA INQUIETA!
TANTAS PALAVRAS COLHO,
NO MONTURO DE MINHA MENTE,
UMA A UMA DISTRIBUO,
NO ESPAÇO PÁLIDO DA FOLHA DO CADERNO...
E VÃO-SE ASSIM SE ESBOÇANDO
PENSAMENTOS E SENTIMENTOS TERNOS!
uMAS PALAVRAS QUEIMAM,
OUTRAS GEMEM,
OUTRAS BRILHAM,
OUTRAS SORRIEM, OUTRAS CHORAM!
fICA ASSIM EXPOSTO O MEU MAIS INTIMO ESPECTRO:
NÃO SOU NADA, NADA, SEM TEUS CARINHOS,
MENOS AINDA SEM TEU AFETO!
NÃO SOU NADA SEM TEUS CUIDADOS,
MENOS AINDA SEM TEU SEXO!
E MEU AMOR SE CONFUNDE ENTRE O MATERIAL E O ETÉREO;
ENTRE O GOZAR COM TEU CORPO,
E O EXULTAR DE MINH'ALMA COM TUA ALMA...
NOSSO AMOR ENTÃO É PURO ENCANTO!
QUANTO DE SONHO E DE REALIDADE SE MESCLAM?
E AMAR-NOS, DOAR-NOS É UM DESCORTINAR-SE TERNO!
COMO DESCREVER DO NOSSO AMAR TANTO MISTÉRIO?


EDVALDO ROSA
29/01/2008
WWW.SACPAIXAO.NET

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 30/01/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários